30/10/2018

“Eu já me sinto curada”, relata profissional em tratamento contra o câncer de mama

Rita de Cássia Sales foi diagnosticada com a doença em março de 2017

Em março de 2017, a técnica de enfermagem Rita de Cássia Sales, que há 25 anos trabalha na área da saúde do Maranhão, foi diagnosticada com câncer de mama. “Sempre fiz exames preventivos, mas no ano de 2016, acabei não fazendo. Em um exame de rotina, no começo do ano passado, já que o autoexame e a mamografia não detectaram nada, eu percebi um nódulo, que tinha 99% de chance de ser câncer de mama”, conta.

A profissional, após realizar a biópsia que confirmou o diagnóstico, procurou alguns especialistas, para iniciar o tratamento da doença, que dura em média 5 anos. “Depois dos exames eu fiz a cirurgia para retirada do nódulo, e comecei a fazer radioterapia, e estou fazendo quimioterapia adjuvante, mensalmente, que é um reforço da quimioterapia” explica.

Rita de Cássia precisou fazer algumas mudanças em sua rotina, como se afastar do emprego, e praticar exercícios físicos. Conta que já se sente vitoriosa e faz uma alerta para as profissionais de enfermagem “Eu já me sinto completamente curada, e digo para todas as técnicas e enfermeiras que cuidam de muitas pessoas diariamente, façam o autoexame, e procurem fazer uma consulta com o especialista, porque se descoberto cedo, mais chances de cura você terá”, afirma.

CAMPANHA OUTUBRO ROSA

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA), também abraçou essa campanha mundial e decidiu apoiar todas as profissionais de enfermagem que lutam contra a doença. E como forma de incentivo e inspiração, conta a experiência de uma profissional de saúde que venceu o câncer de mama.

“Enfermagem unida pela prevenção” esse é o tema da campanha desenvolvida pelo Coren-MA que está arrecadando lenços para serem doados à mulheres que realizam o tratamento contra o câncer. Abrace esta campanha você também! Doe um lenço na sede do Coren-MA ou nas subseções e eleve a autoestima de muitas mulheres.