09/11/2017

Conselheira apresenta pesquisa sobre casos de Hanseníase no MA no 20º CBCENF

Doença apresenta um alto índice de incidência no estado

_DSC1833A enfermeira e membro de plenário do Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA), Dra. Lea Márcia Melo da Costa, apresentou na manhã de hoje, na sessão de e-pôsteres do 20º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem  (CBCENF), a pesquisa “Campanha de busca de casos de Hanseníase em escolares no Maranhão”.

De acordo com a pesquisa apresentada, a redução dos casos em menores de 15 anos é prioridade, tendo em vista que quando a doença se manifesta na infância há um alto índice de endemicidade, carência de informações e de ações efetivas em educação.

Ainda de acordo com a pesquisa, o Maranhão é um dos estados do Nordeste com a maior prevalência de hanseníase apesar da redução de novos casos que vem sendo registrada nos últimos anos. Apenas em 2015, foram registrados 3.472 casos da doença, sendo 10% deles relativos a menores de 15 anos. Por isso, a importância do estudo.

Por meio da realização de exames de pele em escolares, com a utilização de ficha de auto-imagem e encaminhamento dos suspeitos às unidades básicas de saúde, foram diagnosticados 192 casos de Hanseníase entre 2013 e 2016, configurando o êxito da ação.