12/09/2017

Campanha de Valorização da Vida é discutida entre instituições e a imprensa

Ministério Público promoveu o encontro

_DSC1493Representado pela secretária, Dra Antonia Cristiane Souza Pereira, o Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) participou de um café da manhã com a imprensa na manhã de hoje (12), realizado pelo Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos – CAOp/DH, do Ministério Público do Maranhão (MP-MA). No encontro, foram apresentadas questões sobre a campanha de Valorização da Vida – Prevenção e Combate ao Suicídio.

Também participaram do evento representantes de instituições parceiras como os conselhos regionais de Medicina e Psicologia, secretarias de estado de Segurança Pública e da Saúde, Defensoria Pública do Estado do Maranhão e demais órgãos.

O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, e a coordenadora do CAOp/DH, procuradora de justiça Sandra Lúcia Mendes Alves Elouf, abriram as discussões sobre o assunto destacando os números alarmantes de casos de suicídio registrados no Maranhão e a grande necessidade de uma intervenção da sociedade.

Em 2016, foram registrados aproximadamente 300 suicídios em todo o Maranhão. Este ano, somente no mês de agosto, foram sete registros apenas na capital São Luís, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do estado.

Diante de números tão preocupantes, a procuradora ressaltou a importância da união da sociedade civil e instituições na construção de políticas públicas efetivas de prevenção no estado e convidou a imprensa a participar desse processo abordando cada vez mais o assunto de forma ética e responsável, para assim contribuir para a prevenção do suicídio.

 

Mais

O Coren-MA é parceiro do MP-MA na campanha e tem realizado várias ações em alusão ao Setembro Amarelo – mês de conscientização sobre a prevenção do suicídio. Além de chamar a atenção para o tema nas suas redes sociais e em seu site, também foram fixadas na sede e subseções materiais impressos como a cartilha da CVV “Falando abertamente sobre o suicídio”. A sede do Coren-MA, em São Luís, também ficará iluminada na cor amarela, alusiva à campanha.