02/04/2018

Ações no MPT-MA surtem efeito contra a escala 12×36

Instituições como o Sindsaúde-MA e o Coren-MA protocolaram pedidos de providência judicial no MPT

Ações protocoladas no Ministério Público do Trabalho do Maranhão (MPT-MA) estão surtindo efeito contra a intenção do Hospital Guarás, de impor uma escala 12 por 36 horas para profissionais da enfermagem.

Algumas instituições, entre elas o Sindicato do Auxiliares e Técnicos em Enfermagem e Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde do Maranhão (Sindsaúde-MA) e o Coren-MA, protocolaram pedidos de providência judicial no MPT-MA contra a imposição da escala, que é perigosa ao profissional e coloca em risco a saúde do paciente e toda a classe.

Em audiência realizada no dia 27 de março de 2018, na sede do MPT-MA, o representante do hospital decidiu suspender a alteração temporariamente, para levar a proposta de implantar as escalas de jornadas 12×48 e 12×60, à direção central e se manifestar sobre a proposta do Sindsaúde, no prazo de 15 dias.

Ações contundentes com essas serão rotineiras na gestão da entidade. “A sociedade e a enfermagem maranhense podem contar a partir de agora com a nova gestão ativa e participativa do Coren-MA”, destaca o presidente Patrick Gomes.